4
Jul

PERMACULTURA NOS MOSTRA UM IMPORTANTE CAMINHO PARA UMA REVOLUÇÃO ECOLÓGICA

As pessoas estão sentindo que suas vidas estão fora do controle! Se preocupando em atender as necessidades de suas famílias, mas os alimentos e combustíveis sobem fora de controle devido à inflação e interesses que não estão sob o controle da maioria das pessoas.

Muitos estão quase totalmente desligados da natureza, sendo sustentados por processos artificialistas continuamente!!!

No entanto, há um movimento mundial que cresce rapidamente e revolucionário de cidadãos quebuscam medidas que contribuam paraindependência desses sistemas chamados de “modernos”, valorizando uma vida baseada na ligação saudável com a natureza e, consequentemente, em harmonia com o meio ambiente.

Há muitas definições para o sistema de permacultura. A própria palavra deriva das combinações de cultura permanente e agricultura permanente. Como o co-fundador lendário Bill Mollison coloca:”É a concepção consciente e manutenção de ecossistemas produtivos rurais, que têm a diversidade, estabilidade e resiliência dos ecossistemas naturais. É uma integração harmoniosa da paisagem e as pessoas, fornecendo seus alimentos, energia, abrigo e outras necessidades materiais e não-materiais de uma forma sustentável”. “Sem agricultura permanente, não há possibilidade de uma ordem social estável”.

O fornecimento de comida, abrigo, água, energia e gestão de resíduos estão constitui uma busca permanenteda permacultura. Então! Pare por um momento e imagine a liberdade e capacidade de fornecer estas “coisas” individualmente, dentro de um grupo local ou comunidade.

Um dos aspectos de grande relevância da permacultura é a reconstrução da comunidade, com o objetivo de re-localizar o controle e disposição das coisas necessárias para a vida humana, e fazer de forma ética e ecológica, valorizando a preservação do meio ambiente em harmonia com o ser humano.

A Permacultura é o primeiro sistema da história a basear-se na ética, que pode ser aplicada a todos os aspectos da vida, questionando se a ação irá prejudicar, manter ou melhorar a ecologia onde ela ocorre. Sustenta-se que a ação não tem efeitos negativos para outras pessoas e procura construir comunidades saudáveis. Ainda significa que um recurso não está sendo explorado para o ganho de apenas uns poucos e que os excedentes não são guardados.

A partir destas éticas e princípios da permacultura, os quais foram desenvolvidos ou aprimorados por David Holmgren, a permacultura prima por sistemas que requerem um mínimo de manutenção e aberturas que interferem no circuito fechado de concepção.

A saída de um elemento do sistema torna-se a entrada para outro elemento. Desta forma, os resíduos são drasticamente reduzidas ou mesmo em grande parte eliminados.

Assim, esses princípios são extremamente importantes para a manutenção do ciclo de vida da permacultura e dos componentes que fazem parte, contribuindo para um sistema auto-suficiente que se mantém com os próprios recursos naturais e ecológicos.

Fonte:http://www.naturalnews.com/032152_permaculture_gardening.html
Site: Natural News – Isaac Harkness