4
Dez

Saiba como cultivar um jardim orgânico em sua casa

Jardinagem é uma excelente alternativa para diminuir o stress, auxilia no tratamento contra depressão e, sem utilizar boa diversidade de espécies vegetais, ainda traz inúmeros benefícios ao meio ambiente.

Quem não gosta de apreciar um belo jardim, não é mesmo? Pensando nisso, separei algumas dicas que lhe ajudará a dar os primeiros passos rumo a este projeto. Vamos Lá?

Que tipo de solo é o seu? Testar o seu solo permite-lhe descobrir algumas coisas importantes. O solo é ácido, alcalino ou neutro? Cada planta possui a sua preferência, mas a maioria dá-se bem num solo equilibrado com todos estes elementos. Quer descobrir qual o tipo do seu solo? Clique aqui e faça o teste na sua casa. (Como descobrir se o pH do solo é ácido ou alcalino com ingredientes da sua cozinha).

Não trate o solo como uma coisa sem importância. É preciso dar a sua devida importância, já que ele é “peça” fundamental para um bom resultado. O ideal é que tenha bom teor de matéria orgânica, mas deve-se adicionar composto orgânico para melhorar ainda mais a qualidade do solo para nutrir de forma equilibrada as plantas que ali quiser colocar.

Experimente. O divertimento da jardinagem é descobrir o tipo de plantas que prefere. Às vezes, uma variedade das que gosta é perfeita para o tipo de solo que dispõe. Ah, não tenha medo de falhar. Quando se trata da Mãe Natureza, devemos sempre contar com a imprevisibilidade. Existem estudos que comprovam a eficiência da jardinagem como aliado no tratamento de depressão. Clique aqui e leia o artigo que escrevi sobre os benefícios da jardinagem. (Saiba como a jardinagem e as hortas orgânicas podem ajudar nos sintomas da depressão).

Não introduza plantas doentes no seu pequeno paraíso. As plantas saudáveis têm o seu próprio sistema imunitário e podem repelir pestes, sem o uso de agentes químicos. Prefira sempre formas naturais para lidar com cada desafio.

Mantenha um controle das espécies que plantou. Além disso, coloque também no local uma plaquinha com o nome de cada uma. Assim vai saber sempre o que tem e o que pode esperar do seu jardim.

Conheça as suas plantas intimamente. Este é um dos grandes benefícios da jardinagem. Distraia-se a observar o seu crescimento, a olhar com atenção para as folhas à procura de possíveis problemas. Afinal, além de uma excelente distração, é uma forma de ajudar o planeta.

Não pare de cultivar. Algumas plantas dão-se melhor quando são plantadas perto de outras. Algumas ervas, por exemplo, beneficiam certas plantas e vegetais, melhorando o seu sabor. Algumas flores mantêm os insetos afastados, outras atraem pássaros e borboletas que são benéficos para o seu jardim por livrarem-no das pestes.

Mantenha a rotatividade. Num jardim orgânico, a rotação das plantas é essencial, isso porque enquanto umas retiram do solo todos os seus nutrientes, outras, por sua vez, os colocam. É este equilíbrio que deve alcançar.

Desfrute do seu jardim. Mantenha-o no tamanho certo para que o possa tratar sem estresse. Não existe nada mais recompensador do que observar o crescimento das plantas. E isto se aplica a qualquer idade. As visitas diárias ao seu jardim vão dar-lhe uma sensação especial de paz. Aproveite.

Vou te dar mais uma dica: utilize na sua jardinagem plantas que produzem flores comestíveis, agregue hortaliças convencionais e outras plantas alimentícias não convencionais (PANCs). Você terá um paisagismo produtivo. Isso é fantástico!!!!!!

Professor Milton