2
Jul

FERTILIZANTE ORGÂNICO, RICO EM ÁGUA, AJUDA OS AGRICULTORES EM ÁREAS DE CONSTANTES ESTIAGENS

A Califórnia possui a principal área agrícola dos Estados Unidos. Lá estão lutando no dia a dia sob a pressão de secas persistentes, em que os agricultores veem a produtividade dos cultivos agrícolas e os rendimentos diminuírem, e são forçados a perfurarem mais poços, extraindo bilhões de litros de água do solo para irrigar suas culturas.

É importante ressaltar que, mesmo antes da seca, esses reservatórios de água subterrânea já estavam em estado crítico!

Os agricultores atingidos pela seca utilizam cada vez mais fertilizantes químicos, que contribuem para as emissões de gases de efeito estufa, poluição e contaminação do solo e da água, diminuição da biodiversidade, aumento de pragas e doenças, que por sua vez agravam os efeitos no período da seca.

Os Estados Unidos enfrentam outro problema, ou seja, o desperdício constante de comida. O país gasta US$ 218 bilhões por ano no cultivo, processamento e transporte dos alimentos. No entanto, 63 milhões de toneladas de alimentos nunca chegam às mesas dos consumidores.

Mas há esperança!!! Um grupo de empresários e investidores pode ter encontrado uma solução para proteger a cadeia alimentar daquele país, ao mesmo tempo abordando as questões da seca e desperdício de alimentos.

Surge uma Alternativa: fertilizante orgânico

A reciclagem de alimentos com a sede na Califórnia, através do desenvolvimento de uma nova tecnologia que pode minimizar a crise da água, o excesso de fertilização do solo e das plantas e o desperdício de alimentos.

O novo fertilizante é orgânico e rico em água! Contribui para diminuiro desperdício de alimentos, para uma melhor utilização, sem encher os aterros que aumentam as emissões de gases de efeito estufa.

Além disso, possibilita aos agricultores utilizarem a disponibilidade de um fertilizante orgânico que não polui o ambiente. Assim, os agricultores diminuem a quantidade de água necessária para a produção de alimentos, que é uma alternativa considerável para as áreas atingidas pela seca em diversas regiões do planeta.

Do lixo à comida!!!

Os resíduos de alimentos recolhidos em mercearias de todo o país é misturado com diversas enzimas que degrada os resíduos orgânicos. O resultado é um subproduto líquido que pode ser utilizado como um adubo orgânico, que pode contribuir para a melhoria da qualidade de solos e nutrição de plantas.

Como o fertilizante é um líquido pasteurizado,ou seja, isento de agentes patogênicos, os agricultores podem aplicá-lo facilmente em seus cultivos por meio de suas linhas de irrigação por gotejamento, pois os nutrientes do solo podem ser reabastecidos imediatamente após cada ciclo de cultivo.

As pesquisas de campo demonstraram aumento na produtividade das culturas. Além disso, diminui a quantidade de água para irrigação, sendo uma boa notícia para a Califórnia atingida pela seca, e ao mesmo tempo em que reduzem a necessidade dos produtos químicos ricos em nitrogênio que é intensivamente utilizado naquele país.

Fontehttp://www.naturalnews.com/055798_food_waste_organic_fertilizer_drought.html

echCrunch.com NYTimes.com ReFED.com CalSafeSoil.com KDCAg.com

Site: Natural news