12
Nov

Descubra as diferenças entre cultivo convencional, orgânico e hidropônico

As plantas precisam de alguns fatores para que cresçam e obtenham bons resultados, por exemplo: espaço, sol, água, nutrientes, entre outros. Existem diversas formas de cultivo, das quais separei três, que são protagonistas.

Conheça o cultivo convencional, orgânico e hidropônico e suas particularidades.

Sabemos que para o cultivo de qualquer espécie vegetal, faz-se necessário que as plantas tenham espaço para fixar suas raízes e respirar, sol e água para realizar a fotossíntese e produzir energia, vitaminas e nutrientes que as deixam bonitas e saudáveis. Sol, água e ar estão disponíveis em todos os métodos. Algumas das diferenças refere-se ao local de cultivo e a forma como são fornecidos os nutrientes que as plantas precisam.

Conheça três diferentes formas de cultivo e seus aspectos:

Cultivo Convencional

 

      É a mais utilizada no mundo e se dá diretamente na terra, e, na maioria das vezes, em grande escala de produção. Antes de plantar é preciso realizar a análise do solo que irá identificar quais nutrientes estão em falta na terra. Em seguida, cria-se um plano de adubação para a planta, desde a semeadura até a colheita. Essa adubação pode ser realizada com composto de qualquer origem, sendo mineral (o conhecido NPK – Nitrogênio, fósforo e potássio, entre outros) ou orgânico, como húmus, por exemplo.

No entanto, esta forma de cultivo é conhecida pela adoção de monocultura, adubação química e o uso de agrotóxicos.

Cultivo Orgânico

       Expressando de forma simplificada, também é realizado diretamente no solo, mas sem produtos químicos e obedecendo princípios e métodos da agroecologia, como cultivo em ambientes diversificados para favorecer o equilíbrio biológico, oferta contínua de materiais orgânicos ao solo, revolvimento mínimo do solo, entre outras técnicas. Toda adubação é feita com fontes naturais (composto orgânico, húmus de minhoca, entre outros) e adubos químicos de baixa solubilidade, não agressivos ao solo e às plantas; a proteção de plantas é feita com defensivos naturais.

           A venda da produção pode ser feita diretamente no local de produção, fomentando a agricultura familiar, em feiras orgânicas ou agroecológicas entre outros canais de comercialização.

Os produtos desta forma de cultivo são mais saudáveis e saborosos que os convencionais, mas para ter a certeza de que são realmente orgânicos, certifique-se sempre se atentando ao fato de possuírem um selo que atesta sua origem, se forem vendidos em estabelecimentos comerciais.

 Cultivo Hidropônico

       Neste sistema as plantas são cultivadas fora do solo. Elas crescem na água, flutuando em reservatórios, alojadas em calhas ou tubos em um meio composto por brita, areia ou outros materiais inertes.

      Nesta técnica as plantas ficam em um ambiente mais controlado e protegido contra pragas e doenças. Ainda assim utiliza-se produtos agrotóxicos no tratamento das plantas. A nutrição das plantas é feita por meio de nutrientes que são dissolvidos na água.

Ressalta-se que essa forma de cultivo não é caracterizada como cultivo orgânico.

Consumir hortaliças e frutas é essencial para a nossa saúde. Cabe a nós optarmos pela técnica de cultivo que equilibra a nossa saúde ao meio ambiente e, sem dúvida, neste quesito a produção orgânica, utilizando-se de técnicas e processos da agroecologia sai em vantagem.

Professor Milton