18
Jun

Conheça a Fazendinha Aagroecológica: Uma das maiores Unidades de Pesquisa e formação de Pessoas em Agricultura Orgânica do Brasil

A Fazendinha Agroecológica é um sistema diversificado que integra pecuária e cultivos variados, sem o uso de agroquímicos substâncias sintéticas.

O Sistema Integrado de Produção Agroecológica, também conhecido como Fazendinha Agroecológica km 47, foi criada em 1993. É uma parceria entre a EMBRAPA Agrobiologia,UFRRJ e a Pesagro-Rio, localizado em Seropédica/RJ, na baixada fluminense. A fazendinha tem cerca de 70 hectares de área destinada a pesquisa, ensino e a transferência de tecnologia em agricultura orgânica.

As experiências científicas realizadas na fazendinha visam o desenvolvimentode sistemas de produção diversificados, integrando a pecuária e cultivos variados, sem o uso de substâncias sintéticas, como os agrotóxicos e adubos químicos, por exemplo. Além disso, funciona comouma unidade de produção agrícola onde a reciclagem dos resíduos vegetais e animais é intensamente praticada, o que contribui pararedução da dependência de insumos externos que favorece a sustentabilidade agrícola.

A fazendinha é construída com base em três alicerces.

  • A integração entre as produções animais e vegetais, que geram sub-produtos e os estercos utilizados na fertilização nas áreas de cultivo.

  • A diversificação de cultivos, onde aproveita-se a agrobiodiversidade como estratégia para minimizar os problemas relacionados ao ataque de pragas e doenças.

  • Gestão do nitrogênio, dentro da unidade de produção orgânica. Para isso faz-se uso do processo de fixação biológica de nitrogênio, principalmente a partir do uso de plantas de cobertura de solo que são os adubos verdes.

  • Na fazendinha são cultivadas cerca de 50 especiais vegetais, com maior destaque à produção de hortaliças, mas também são produzidos frutas, grãos, cereais e especiais forrageiras.Tudo é cultivado respeitando os princípios e normas técnicas vigentes na agricultura orgânica.

  • No curral, o rebanho além de diversificar a oferta de produtos, fornece adubo orgânico isento de contaminantes químicos para a fertilização das lavouras e também para acriaçào de minhocas que gera o húmus, que faz parte do substrato da produção de mudas, mas também é utilizado em cultivos, aplicando-o direto no solo.Nas lavouras, o controle de pragas e doenças, baseia-se em estratégias que mantém o equilíbrio entre os agentes causadores desses problemas e seus inimigos naturais.

    As pesquisas realizadas na fazendinha podem ser divididas em 8 linhas temáticas:

    • Manejo ecológico do solo (destaque para adubação verde);

    • Adubação orgânica e o uso de coberturas vegetais vivas e mortas;

    • Compostagem, onde são usadas matérias primas de origem vegetal;

    • Produção orgânica de mudas, que usa o substrato desenvolvido na própria fazendinha;

    • Eficiência do uso da água de irrigação, que envolve o aproveitamento da água das chuvas e das energias solar e eólica;

    • Produção orgânica de hortaliças e café, com ênfases em técnicas de manejo e validação de cultivares;

    • Manejo ecológico de pragas e doenças por meio do controle biológico e do uso de caldas e extratos alternativos; e

    Sistemas agroflorestais.

As visitas à Fazendinha Agroecológica são realizadas, geralmente, entre os meses de maio e setembro, considerando que está localizada na Baixada Fluminense, cujas condições climáticas impõem uma série de limitações para o cultivo de hortaliças, em função das altas temperaturas e das chuvas de verão. Essa situação compromete o aspecto didático do sistema de produção, que nesse período entra em fase de manejo.

Leave a Reply