22
Abr

Aprenda Fazer o Controle Orgânico de formigas


Muitos agricultores orgânicos que tem seu cultivo atacado por insetos me perguntam qual a alternativa para o controle sem o uso de agrotóxicos. Neste artigo irei abordar formas ecológicas de realizar o combate contra as temidas formigas cortadeiras, por exemplo, um dos principais insetos causadores de destruição nos cultivos, principalmente no início da transição para a produção orgânica, quando o ambiente ainda está bastante desequilibrado biologicamente.

Vale lembrar que é necessário identificar qual a espécie de formiga que está interferindo na sua produção ecológica, já que para cada espécie existe seu próprio controle.

Quando você identificar os tipos de formiga, estará mais preparado(a) para fazer o controle. Para as formigas cortadeiras, por exemplo, que é o alvo da preocupação de quem tem hortas ou outros cultivos, pode-se fazer um controle físico com barreiras ou biológico.

Como fazer o controle físico:

As barreiras consistem em construir canais na terra em que se coloca água com detergente ao redor das culturas, cones de plástico invertidos ao redor dos caules das plantas para evitar a escalada das formigas ou mesmo tiras plásticas com graxa ou vaselina ou tiras de papel alumínio.

Você também pode fazer outro controle físico despejando água quente dentro do formigueiro, mas preste atenção no tamanho do formigueiro e confirme se está jogando água em todo ele, para não correr o risco de matar uma parte e ser surpreendido depois pela continuação de ataques de formigas.

Como fazer o controle biológico:

O controle biológico pode ser o plantio de espécies com atividade inseticida, que repelem as formigas. Uma dica é a batata doce que libera o látex, quando cortada, ou plantio de gergelim que, ao serem carregados para dentro do formigueiro, matam o fungo da qual as formigas se alimentam.

Outra alternativa é a aplicação de bioiscas, certificadas para uso na agricultura orgânica, em que a base é a planta Tephrosia candida que atrai as formigas pelo odor cítrico e assim faz o controle do fungo. Sem comida, as formigas mudarão de lugar ou morrerão.

Já para as formigas lava pé, que causam incômodo para a saúde e alimentação das pessoas, é necessário fazer um manejo integrado de pragas, pois estas se alimentam de restos já atacados por pulgões e ácaros.

O manejo integrado de pragas é importante para um controle geral e tem como objetivo diminuir a quantidade de pragas até que elas não prejudiquem mais as culturas.

Assim como a formiga lava pé, diversas outras pragas ocorrem simultaneamente. O conhecimento sobre sua cultura, sobre as diferentes espécies que podem causar dano e a atenção para com elas irá poupar o agricultor de um futuro prejuízo.

Viu só como é possível combater pragas sem utilizar produtos químicos? A natureza é sabia em proporcionar alternativas para qualquer eventualidade no processo de plantio.

Tenho certeza que através desses conhecimentos iremos deixar nosso planeta cada vez melhor. Conto com a sua ajuda!

Professor Milton