17
Abr

Aprenda Como Fazer o Biofertilizante Bokashi


Você que acompanha meu trabalho, já sabe que sempre trago novidades e curiosidades sobre agroecologia, não é mesmo? Você já ouviu falar do biofertilizante Bokashi? Não? Então, este artigo é para você!

O Bokashi é um biofertilizante de origem oriental, que utiliza conceitos simples para fazer sua horta orgânica e outras produções se desenvolverem fortes e saudáveis. Utilizado principalmente no Japão, esta técnica milenar foi introduzida no Brasil e ganhou adeptos graças ao seu excelente desempenho no preenchimento de “vazios biológicos” e a fertilização das plantas.

Antes de explicar como este biofertilizante funciona, vale lembrar que todo organismo possui bactérias e até outros microorganismos. Nós somos cheios deles e assim também é com as plantas e animais em geral. Algumas bactérias decompositoras transformam matéria orgânica em energia (que chamamos de síntese de ATP) sem a presença de oxigênio e outras com a presença desse elemento.

A esse processo de transformação de energia de forma anaeróbica e aeróbica realizado pelas bactérias chamamos de fermentação (multiplicação das diferentes espécies de microorganismos), mas também é muito conhecido como uma forma de compostagem orgânica. Em síntese, a fermentação é a base para a criação desse biofertilizante natural chamado Bokashi: criar condições para que a fermentação seja realizada de forma eficiente.

Eis alguns benefícios deste biofertilizante:

– Auxilia para que o solo fique mais poroso, logo, facilita a infiltração de mais água. Também ajuda a formar a matéria orgânica que favorece a manutenção da água e nutrientes nas camadas superficiais do solo, à disposição das plantas cultivadas;

– Ajuda a estabilizar o pH do solo;

– Aumenta a diversidade e quantidade de microorganismos que são importantes para vários processos no solo e nas plantas. Esse é seu papel mais importante, pois corresponde a uma “vacina de diversidade de microorganismos”;

– É barato e dá para fazer em casa. (O custo de produção para 1 kg de composto pronto fica em torno de R$1,30).

Existem diferentes receitas de biofertilizante Bokashi, que muitos também chamam só de adubo bokashi. Mas vou colocar aqui um passo-a-passo de uma receita que pode ser feita sem muito segredo:

Material para fermentação anaeróbica:

-Bombona de 200 l com tampa;

-Pedaço de pau para usar como misturador;

-Filme plástico limpo.

Ingredientes:

-50 kg de farelo de arroz;

-20 kg de farelo de algodão;

-10 kg de farelo de soja;

-17 kg de farinha de osso;

-3 kg de farinha de peixe;

-4 kg de termofosfato;

-20 kg de carvão moído;

-2 l de melaço;

-1 l de EM4;

-35 l de água.

Modo de preparo para a fermentação anaeróbica:

Misture todos os ingredientes em uma bombona. Deve deixar a mistura homogênea bem úmida. Aperte com as mãos para testar a umidade: a água não deve escorrer entre os dedos. Depois, compacte a mistura no fundo da bombona e tampe com um plástico sobre o compactado.

Em cima do plástico acrescente uma camada de terra ou areia (10 a 15 cm) e deixe fermentar por 10 dias sem abrir. Após o período, abra a bombona, tire a camada de areia e o plástico. Misture o biofertilizante Bokashi pronto com o solo ou substrato que você utilizará.

Onde Usar o biofertilizante Bokashi:

Você pode usar o Bokashi em sua horta orgânica, jardins, cultivo de hortaliças, flores em vasos e até em cultivos agrícolas em geral. Misture o biofertilizante com o solo (200 gramas por metro quadrado, em média) ou substrato na proporção 1:10 e aproveite! Pode diluir e pulverizar nas plantas também.

Gostaria de chamar a atenção que também há outras formas de se preparar um bokashi.

Professor Milton